Ameloblastoma Maligno e Carcinoma Ameloblástico


Carcinoma ameloblástico
Carcinoma ameloblástico
Distribuição relativa de ocorrência dos ameloblastomas
Distribuição relativa de ocorrência dos ameloblastomas

Características gerais:

O ameloblastoma é um tumor odontogênico, significativamente o mais comum deles. Sua frequência – considerando o multicístico, o unicístico e o periférico – é comparável a de todos os outros tumores odontogênicos combinados (exceto odontomas).

O ameloblastoma maligno é raro e corresponde a menos de 1% dos casos de ameloblastoma. Dificilmente um ameloblastoma exibe comportamento francamente maligno, com o desenvolvimento de metástases. A terminologia é controversa, mas ameloblastoma maligno é usado para o tumor que mostra características histopatológicas de um ameloblastoma tanto no tumor primário quanto nas metástases. Já carcinoma ameloblástico é reservado para o ameloblastoma que apresenta características histopatológicas de malignidade já no tumor primário.

Características clínicas:

Ameloblastomas malignos podem ter crescimento rápido e expansão óssea proeminente. Geralmente não causam reabsorção das raízes de dentes adjacentes, mas os deslocam, justamente pela rapidez com que crescem.

Características radiográficas:

As características dos ameloblastomas malignos e dos carcinomas ameloblásticos podem ser semelhantes as dos ameloblastomas benignos, mas costumam se apresentar como áreas radiolúcidas, de margens mal definidas e com destruição cortical.

Carcinoma ameloblástico
Carcinoma ameloblástico

Prevalência:

  • Ameloblastomas malignos são mais observados em pacientes de 4 a 75 anos de idade (média de 30 anos de idade)
  • Carcinomas ameloblásticos são mais observados em pacientes de 50 a 60 anos de idade

Outras hipóteses diagnósticas:

Compartilhe:

Previous Os exames de imagem e suas indicações em Odontologia
Next Ameloblastoma Periférico (Extraósseo)

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *