Monografia: Métodos de Greulich & Pyle e Eklöf & Ringertz na Estimativa da Idade Óssea

E para abrir a sessão de Trabalhos e Artigos aqui do blog, minha monografia da especialização. Enjoy it! 🙂

TÍTULO: Métodos de Greulich & Pyle e Eklöf & Ringertz na Estimativa da Idade Óssea (2013)

AUTORA: Ana Paula Pasqualin Tokunaga, CD

RESUMO:

Radiografia carpalO objetivo deste estudo foi verificar a correlação entre os métodos de estimativa da idade óssea de Greulich & Pyle (atlas comparativo) e Eklöf & Ringertz (software Radiocef Studio 2) com o intuito de verificar o grau de correlação entre eles e deles com as idades cronológicas da amostra.

Foram avaliadas 97 radiografias carpais de crianças e adolescentes saudáveis, brasileiros, sendo 42 meninos e 55 meninas, com idades que variavam entre 4 e 16 anos. As imagens foram obtidas do arquivo do Laboratório de Ensino e Pesquisa de Radiologia Odontológica e Imaginologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba, Brasil.

Os resultados demonstraram alta correlação para todas as comparações, indicando que os métodos são estatisticamente semelhantes entre si e com a idade cronológica dos indivíduos da amostra (p > 0,05).

Ambos os métodos tiveram a tendência de subestimar as idades dos indivíduos. Resultados num intervalo de 1 ano para mais e 1 ano para menos foram considerados normais.

As vantagens do método de Greulich & Pyle são o fato de considerar a fusão de epífises e diáfises e a praticidade da utilização do atlas. A desvantagem principal são os intervalos longos entre as imagens-padrão do atlas. A vantagem principal do método de Eklöf & Ringertz é a facilidade de sua aplicação por meio de software, o que não exige grande experiência do avaliador. As desvantagens são o fato de se basear apenas em medidas ósseas, o que limita sua aplicação até os 15 anos de idade e que, quando aplicado de forma manual, perde muito em praticidade.

Ambos os métodos trazem resultados confiáveis também quando utilizados em crianças brasileiras.

Para fazer o download da monografia completa, clique aqui

Compartilhe:

Na câmara escura: Ana Tokus

Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO-PR. Também autora dos blogs Medo de Dentista e OdontoDivas. Veja todos os posts de Ana Tokus
posted: Trabalhos e Artigos | tagged: , , , , , , , , ,

1 trackback

Artigo: Estimativa da idade esquelética comparando dois métodos radiográficos - Raios Xis
2 de setembro de 2015 às 8:40 am

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*